Teste seu conhecimento sobre a nova ortografia

Como usar a vírgula na Nova Ortografia

Breves dicas para a utilização da vírgula dentro da Nova Ortografia!

O anúncio do novo acordo ortográfico da Língua Portuguesa gerou muitas dúvidas, sendo uma das mais comuns em relação à extensão do mesmo. Mas, afinal, o que muda com a nova ortografia?

Em linhas gerais, podemos dizer que o acordo unificará a grafia de algumas palavras, além de regular questões referentes à acentuação gráfica, separação silábica e uso do hífen (para citar as principais mudanças). Embora tenha sido muito comentado e gerado algumas polêmicas, a mudanças não será radical: a nova ortografia mudará a grafia de apenas 0,5% das palavras em português de raiz brasileira e 4% daquelas de raiz europeia. O acordo também prevê a eliminação do trema e a ampliação oficial do alfabeto de 23 para 26 letras, incorporando o K, Y e W.

Em relação à pontuação e outros aspectos, o acordo não propõe alterações ou ajustes, atendo-se mesmo à grafia das palavras. Logo, o uso da vírgula e de outros sinais de pontuação permanece inalterado. Para você que ainda assim tem dúvidas sobre o uso da vírgula, vamos ajudá-lo mostrando as regras básicas de pontuação neste caso.

Quando o assunto é vírgula, tão importante quanto saber quando usá-la é saber quando não usá-la. A vírgula é usada para separar termos que aparecem juntos numa frase ou oração, mas representam unidades sintáticas distintas.

Por essa razão não se separa por vírgula o sujeito do predicado nem verbo e o substantivo de seus complementos.

Ex: João e Maria / sempre quiseram ir à Disney.

Sujeito Predicado

Ex: Ontem / fomos / ao teatro.

Verbo Objeto Indireto

Também não se usa vírgula para separar frases, orações ou palavras ligadas por e, ou e nem.

Ex: Chegaram de viagem e sequer ligaram para avisar.
Estou em dúvida entre usar o vestido verde ou o azul.
Estava tão cansado que não fui à academia nem ao supermercado ontem.

Além do exemplo mais corriqueiro do uso da vírgula para separar palavras de uma mesma classe gramatical que não formam uma unidade sintática – “tomate, cebola, alface” ou “correr, pular, dançar” – esta pontuação também é usada para isolar as seguintes partículas:

Vocativo

Ex: Não se esqueça de ir ao banco hoje, Lorena.

Crianças, silêncio!

Aposto

Ex: Marta, uma grande amiga, passará as férias em Paris este ano.

Nomes de datas

Ex: Rio de Janeiro, 15 de setembro de 1995.

Locuções explicativas

Ex: Porcos são onívoros, ou seja, alimentam-se de carne e vegetais.

  • Kéven

    Muito boa essas dicas ai!

Categoria: Curiosidades

Quais são os países que falam português?

História da língua portuguesa

Curiosidades interessantes sobre a Nova Ortografia – Quase Tudo Sobre Ela!

Categoria: Dicas da Nova Ortografia

Concursos – fique atento à nova ortografia

Nova língua portuguesa?

Micro-organismo ou microorganismo?

Aprenda: Anti-inflamatório ou antiinflamatório?

Como fica a palavra “reanálise” na nova ortografia?

Aprenda: Bem-Vindo, Bem Vindo ou Benvindo?

Categoria: Notícias

Como utilizar ou empregar o hífen. O emprego do hífen!

O efeito da nova ortografia na internet!

Conversores ortográficos para a nova ortografia

Guia Prático da Nova Ortografia

O acordo ortográfico é “inútil e improdutivo” ou veio para trazer benefícios para a língua portuguesa?

Editoras enfrentam grande demanda de adaptação

O que você acha do novo acordo ortográfico da língua portuguesa?

Novo acordo ortográfico obriga softwares a se adaptarem

Lusofonia cobra data para adoção da nova ortografia