Teste seu conhecimento sobre a nova ortografia

Editoras enfrentam grande demanda de adaptação

O Ministério da Educação deu prazo de até 2010 para que as editoras adaptem seus livros didáticos para a nova ortografia.

Algumas editoras também já começaram a lançar seus dicionários revisados de acordo com as novas normas, como, por exemplo, a editora do Dicionário Aurélio.

  • J.Martines Carrasco

    E assim, de reforma em reforma, editoras e dicionaristas vão ganhando dinheiro, facilitando, inclusive, superfaturamentos nas compras efetuadas pelo setor público.
    Uma reforma RACIONAL E DEFINITIVA, consoante a exposta a seguir, não lhes interessa.

    PROPOSTA:

    ALFABETO E ORTOGRAFIA RACIONAL, DEFINITIVA, AO IDIOMA BRASILEIRO.
    (Um dia será útil)

    — Escrever conforme a fonética oficial da atualidade, atribuindo:
    “a cada letra único som; a cada som, única letra.”
    Escrever, inteligivelmente, com um mínimo de dígitos.

    1 – Desativando: as letras: q, ç, e h; os dígrafos: ch, nh, gu, qu, ss; e o trema.

    2 – substituindo q por c que toma o som daquela, em qualquer situação.
    Ex: ce; cualcer; cuincuênio; concuanto; escentar…
    (essas palavras serão escritas com C, em lugar de Q)

    3 – substituir ç; c (onde tinha som de s); e o dígrafo ss por único s, em
    qualquer situação.
    Ex: cisasa; asesor; nasimento; eselente …

    4 – substituir o dígrafo ch por X, em qualquer
    situação.
    Ex: xegar; boxexa; borraxa…

    5 – Criar o dígrafo ll para substituir o dígrafo lh, em qualquer situação.
    Ex: lle; callar; alleio

    6 – substituir o dígrafo nh, por ñ ( n sob til), em qualquer situação.
    Ex: froña; soñar; cariñaña.
    OBS: os itens 4, 5 e 6, permitem a desativação de H.
    Então passa-se a escrever: orário, erói… (sem H)

    7 – A letra G passa a ter o som de “gue”, diante de qualquer vogal.
    Ex: gageira; seginte… (escritas sem participação da letra U posterior a G)
    – Pela desativação do dígrafo gu, nas palavras como lingueta; linguiça … a
    letra U passa a ser pronunciada normalmente, sem pertencer a dígrafo.

    OBSERVAÇÕES:
    1ª) – os itens 2 e 7 permitem desativação do trema;
    2ª) – a desativação do trema sem desativar os dígrafos,
    gu e “qu”, em pouco tempo provocará deturpa-
    ção à vigente fonética oficial. Ou então, pior, cai-
    remos na complexa situação de alguns idiomas:
    – escreve-se de um modo, pronunciando-se de outro.

    8 – J assume o lugar de G, quando esta antecedia e e i.
    Ex: ajir; jigante, jenjiva…

    9 – Quando X for pronunciada com som de CS, essa dupla
    substitui X. Ex: complecso; anecso …

    10 – X e S, com som de Z, ficam substituídas por Z.
    Ezemplo: ezato; ezímio; gazoza …

    11 – as letras H, K, Q, X, Y, Z, seguem usadas em nomes próprios e
    abreviaturas internacionais.

    QUADRO SINTÉTICO, DOS EXEMPLOS já CITADOS,
    DA ORTOGRAFIA RACIONAL, PROPOSTA:
    _____ ________________________________________________________
    Exemplos dos itens | Na ortografia atual | Na ortografia proposta

    1 Hoje, herói ……………. oje, erói

    2 que, qualquer ………. ce, cualcer
    qüinqüênio …………… cincuênio
    conquanto ……………. concuanto
    esquentar ……………… escentar

    3 quiçaça, assessor …… cisasa, asesor
    nascimento ……………. nasimento,
    excelente ………………. eselente

    4 chegar, bochecha ….. xegar, boxexa

    5 lhe, calhar, alheio …. lle, callar, alheio

    6 fronha, sonhar ……….. froña, soñar
    carinhanha ……………. cariñaña

    7 gaguejar, conseguir … gagejar, consegir
    argüir ………………….. arguir

    8 agir, gigante ………….. ajir; jigante,
    gengiva ……………….. jenjiva

    9 complexo ……………… complecso,
    anexo ………………….. anecso.

    10 exemplo, exato ………. ezemplo, ezato
    desuso, gasosa ……….. dezuzo, gazoza

    OBSEVASÃO – Ce surjam novas palavras; ce evolua o linguajar colocial eivado de jírias… mas o idioma brasileiro paute-se em ortografia ofisial, DEFINITIVA, sem deturpasões, para ce, nos prósimos sinco ou dez séculos, sem ausílio de antropólogos, os brazileiros desse futuro posam entender o ce oje escrevemos. Trata-se de prezervar a intelijibilidade do idioma e de sizo cultural.

  • edinéa

    não concordo. acredito que a escrita ficaria bem mais sujeita a erros. a letra “c” em muitas escritas preserva o seu próprio fonema, porém há escrita em que o fonema tem som de “q”. as silabas ca, co, cu poderiam até substituir o q, porém o ce e ci tem entonações diferentes.

  • Rebeca

    Nunca daria certo. Como linguísta, sempre discuto essa questão com os colegas. Mas pense por outro lado: a nova ortografia retomou alguns aspectos quinhentistas, outros trecentistas, alguns são inéditos. A língua é viva, porque seus usuários são vivos. essa dinâmica impede que algo como essa proposta vá pra frente: se cada um escreve de acordo com o que fala (primeira cláusula da proposta) você então atribui uma escrita para cada povo dentro do Brasil (ou era pretendida subjugar as muitas variações regionais???). Acredite, esse pensamento não é inédito, só que já foi descartado, porque não daria certo.
    Abraços cordiais.

  • Gabriel e Diego

    Será que muitos alunos acustumaram com essa nova ortografia? e será que eles concordam,com a nova reforma?

  • Larissa

    Com certeza as editoras ganham dinheiro com a reforma, sendo que tendo que investir em novos dicionários e edições de obras literárias elas ainda lucram, pois muita gente quer saber escrever de forma correta. Porém com o R$ que as editoras economizam em não ter que traduzir/adaptar um livro que veio de Portugal para o Brasil, elas podem investir na publicação de outros livros, o que seria um ponto positivo para a literatura.

  • bernado

    eu adorei a nova ortografia

  • Thiago Mota

    A proposta do primeiro comentário, sugere que passassemos a falar espanhol pelo que percebi em muitos aspectos. Inpensável essa idéia. Além de já não termos uma língua própria, como os alemães ou os chineses e japoneses, já adotamos a língua do país que nos colonizou, vamos adotar as escrita de uma segunda língua… Eu adorei a reforma ortográfica, menos os no que se diz respeito aos acentos que diferenciavam algumas palavras e foram retirados agora. Isso causa algumas confusões, mas o resto está muito fácil de se adequar e com certeza a unificação trará bons resultados, apesar dos superfaturamentos em compras de livros e dicionários que com certeza acontecerão.

  • anônimo

    que BOSTA de proposta!

  • J. Martines Carrasco

    Proposta de ortografia racional melhor exposta, veja-a no seguinte endereço:

    http://ortografiaracional.blogspot.com

    Grato pela atenção.

  • anonimo

    naam , eu nem entendi isso!

  • anonimo

    peelo amor de Deeus…

    agentee já aprendeu a escrever assim, com essa
    nova ortografia , é mesma coisa que aprender a
    escrever de novo!!

  • Sharles Abad

    Acho que devemos parar para refletir e ver que nos valerá muito mais saldar esta mundança com uma visão mais auspiciosa mesmo que, de primeira vista, nos cause estranheza e nos deixe receiosos. Se da fato for, nossos filhos e todas as gerações futuras poderão gozar de uma lingua mais simplificada e uniforme.

    O que não podemos nos esquecer nunca, é que há problemas muito mais serios a serem resolvidos. E embora a nossa reforma ortográfica tenha sua importância, não podemos ater nosso foco a isso somente.
    Não sou professor e minha ortografia, como visto, não é lá estas coisas, mas procuro ver o devido valor em todas as coisas para poder saldar auspiciosamente a mudança sem perder o foco das coisas mais importantes.

  • Andressa A.

    J. Martines Carrasco, seu último sobrenome lhe cai bem, já que você está querendo acabar com a beleza do nosso idioma! (E, ademais, está querendo transformar nosso lindo Português numa espécie de Espanhol mal escrito, ao que parece.)
    Espero, com todo o meu coração, que sua proposta jamais se passe pela cabeça das pessoas que têm o poder para alterar a minha amada Língua Portuguesa, porque senão…

  • Andreia Travassos

    Realmente, essa proposta “racional”, que não me parece nada racional, é um absurdo! Se fôssemos utilizar a fonética vigente, que usássemos os símbolos fonéticos! Se é para ser radical, mudemos tudo! Isso ficou realmente parecendo um arremedo de Espanhol e, cá para nós, ficou com uma estética horrível, além de que, se você diz que “G” será lido “gue” antes de qualquer vogal, como eu deveria ler a palavra “gagueira”, que foi utilizada como exemplo? Nesse caso o primeiro”g” não pode ser substituído pelo som de “J’. Então, me explique isso! Desculpe-me, mas sua proposta é, certamente, falha.

Categoria: Curiosidades

Quais são os países que falam português?

História da língua portuguesa

Curiosidades interessantes sobre a Nova Ortografia – Quase Tudo Sobre Ela!

Categoria: Dicas da Nova Ortografia

Concursos – fique atento à nova ortografia

Nova língua portuguesa?

Micro-organismo ou microorganismo?

Aprenda: Anti-inflamatório ou antiinflamatório?

Como fica a palavra “reanálise” na nova ortografia?

Aprenda: Bem-Vindo, Bem Vindo ou Benvindo?

Categoria: Notícias

Como utilizar ou empregar o hífen. O emprego do hífen!

O efeito da nova ortografia na internet!

Conversores ortográficos para a nova ortografia

Guia Prático da Nova Ortografia

O acordo ortográfico é “inútil e improdutivo” ou veio para trazer benefícios para a língua portuguesa?

Editoras enfrentam grande demanda de adaptação

O que você acha do novo acordo ortográfico da língua portuguesa?

Novo acordo ortográfico obriga softwares a se adaptarem

Lusofonia cobra data para adoção da nova ortografia