Teste seu conhecimento sobre a nova ortografia

O Que Muda em Portugal

Apesar de que em Portugal o número de palavras atingidas será bem maior que no Brasil, as mudanças e as novas regras são mais simples, modificando apenas a grafia.

  • Em Portugal será extinto o uso do “c” e do “p” em palavras em que essas letras são mudas (ex: acção, óptimo e acto serão escritos como no Brasil: “ação”, “ótimo” e “ato”).
  • Também será extinto o “H” de palavras como herva e húmido, que também serão escritas como no Brasil: “erva” e “úmido”.
  • Adriana

    No papel a mudança ortográfica está linda, mas e na prática? Concordo que em certos aspectos, ficou mais fácil escrever certas palavras.

  • rewrew

    OI!

  • Joao

    Eu acho a nova ortografia da Língua portuguesa muito importante! Não só para unir e aproximar mais os países falantes mas sim porque é totalmente ridículo ter numa Língua várias versões!

    O melhor exemplo vem da Língua Inglesa que actualmente já está muita mais unida do que a nossa.

    Um grande abraço a todos os falantes da língua portuguesa :)

  • Jackson Santos

    Vcs deveriam se preocupar em mudar e acabar com esses Politicos q estam acabando com o nosso Brasil, um monte de hipócritas, ladrões, safados, mau-caráter e muitos outros q ai estam, ao invés disso vcs ficam ai se preocupando em mudar oq ñ precisa, pq vcs ñ vão procurar oq fazer…

  • http://aaaaaa Coala

    isso deixa muito convuso para que muda isso nada vê

  • http://ghdh filipa

    acho que os portugueses nao deviam alterar a sua caligrafia, porque imaginem se uma criança do 1 ou 2 ano, aprendem uma palavra uma palavra e no ano seguinte ja têm que sabela de forma diferente.
    Acho que o Brasil e que tinha de mudar a caligrafia poque foram eles que vieram para o nosso pais!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  • lulu

    Os brasileiros se acham máximo, mas devem se lembrar que os portugueses já utilizavam as palavras muito antes que vós!!!!!!!!!!!!!!!

  • ForB

    Oh Coala, “convuso” é com f… Assim os tugas gozam com a gente

  • http://JAKSLENNELOVE@HOTMAIL.COM jakslenne

    Que porcaria!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!****************************************************!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  • Guilherme Crisóstomo MV

    A língua escrita serve de apenas de registo gráfico à língua oral, como tal quem não não fala bem dificilmente escreverá correctamente.
    Independentemente do padrão (sotaque) de cada país, como Angola, Timor ou Cabo-Verde, a língua é apenas uma e ou se a usa com correcção ou se não é esse o caso não se pode dizer que é português mas sim qualquer coisa abastardada com relações muito próximas com a língua mater.
    Não tenho qualquer coisa contra uma cisão da língua que se fala no Brasil com a que se fala no resto dos países lusófonos, que por acaso até são bastantes e provam que num pequeno país está uma enorme nação. O Brasil existe, sem qualquer tipo de paternalismo, como uma criação do empreendedorismo Português e as marcas são ainda muito notórias. No entanto como federação de estados, que é, estes têm toda a legitimidade de, tendo em conta as necessidades e especificidade cultural do seu povo, adaptarem a língua escrita ao padrão oral corrente. Mas podem fazê-lo de forma unilateral e criar uma nova língua que será naturalmente o brasileiro. A mim não me constrange minimamente e acho até bem justo para com o povo brasileiro, tendo em conta a dificuldade que tem em falar o português com correcção ao contrário do que se passa por exemplo em Angola ou Moçambique.
    Só não quero é que venham com mudanças que servem ninguém e que unificam coisa alguma. Por mim à língua que se fala na Federação Brasileira até lhe podem chamar Holando-Alemão que não me beliscará em nada o orgulho de falar em BOM português.
    Atentamente

  • http://google Victor Joaquim

    soou do Braasil, saalve aeew pra vooceeis de Poortuugall’
    Vtinho B.D.M

  • vanessa

    erva nao e com hhhhhhhhhhhhh.
    humido e com hhhhhhhhhhhh.

    erva nao e com hhhhhhhhhhhhhh

  • jonhen

    “………….sou brasileiro aqui é o meu país, sou brasileiro aqui eu sou tão feliz…….”
    Fazer o quê né gente, concordar eu não concordo, mas mudar já mudou, o jeito agora é continuar com a cara nos livros que o vestibular tá bem aí.
    coooooorrrrrrrrrrrrrreeeeeeeee.

  • igor firme de souza

    como é horrível a pronúcia da língua portuguesa em portugal, tem nada a ver com o que se escreve, eles podiam se espelhar no Brasil, o brasileiro sim sabe usar a lingua portuguesa com mais dinâmica, com mais aperfeiçoamento, e faz com que a lingua portuguesa seja uma das mais difícil de escrever e mais linda de se pronuciar. até breve.

  • Robson Jr

    Bom, corrigindo…
    “e faz com que a língüa Portuguesa seja uma das mais “difíceis” de escrever”…
    e não difícil por que é “das” …no plural.
    Right ?
    See you then !!!

  • monika

    aiaia dai a pouco estamos falando em ingles e os ingleses em portugues
    cada uma hen.
    bom de cuidar dos filhos mas nao vai la e pinnnnnnnnnnnnnnnnnnnn enventa moda.

  • Jonas Question

    E linguinha de merda que a gente foi herdar, heim! Ahpaputaqueopariu…

  • http://enois reymerson

    vao casar oq fazer , e deicha a pora do portugues do jeito q ta . se matar o portugues e crime eu pegaria pena de morte .ou prisao perperta . tanta coisa para preocupar vcś me vem com esa merda ,,, eu escrevo erado e nao to nem ai pois vcś entente mesmo asim .neo entende !!! sou brasileiro e acho q portugual nao tem q mudar para o nosso jeito de escrever e sim nois para o deles e. e nois portugal. e nois brasillll ou melho ,brezzzzzilllllil rsrsrsrsrs meu nome osoma bilandem …..kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  • Jujú

    Acho essa regra muito confusa aos que estão acostumados a antiga ortografia. Eu, por exemplo, tenho 13 anos, e estou mais acostumada com a antiga ortografia. Agora aos quem estão começando a escrever agora, já fica mais “água com açúcar” porque já ensinam com a nova ortografia. Seria melhor se o mundo enteiro falasse a mesma língua, porque seria muuito mais fácil de nos comunicarmos.

  • karol

    odiei

  • http://czgr.123 fabiola carvalho de oliveira

    essa nova ortografia é boa mais não tanto viu?

  • Jefferson

    No meu entender deve sempre prevalecer a maioria, e, sendo nós, os brasileiros, a maioria, o nosso “português” deveria ser mantido na íntegra em detrimento do “português” luso.

  • Prof. Machado

    Na verdade, Jefferson, não penso de que deva prevalecer a maioria mas, sim o bom-senso.
    A nova ortografia que já está em vigor tanto no Brasil quanto em Portugal (ainda que em fase de adaptação) foi planejada por todos os 8 países lusófonos e por eles aprovada. O Brasil não impôs nada a ninguém, até mesmo porque esperou desde 1990 por Portugal.

    Como disse, a nova ortografia se tornou lei no Brasil em 2008 e já está sendo implantada na rede de escolas desde 2009. Em Portugal entrou em vigor em Jan/2011 após decisão da Assembleia da República e aprovação e assinatura do presidente português.
    Para aqueles que adoram dizer que não adotarão a atual ortografia vigente, cabe lembrar que todas as crianças em idade escolar assim serão alfabetizadas. Não podemos esquecer também de que todos os alunos de outras séries escolares ou faculdades terão de usar tal ortografia e em menos de uma década teremos uma nova geração a escrever assim.
    No entanto se quiserem continuar a escrever como alguns que ainda escrevem com “ph” que o façam.

    Abraços a todos na lusofonia..

  • Alfredo

    Então quer dizer que eu agora não vou de “facto” fazer um “pacto” com ninguém, mas sim de fato fazer um pato com alguém, é isso??? Que confusão…

  • George Bezerra

    Precisamos padronizar cada vez mais a nossa língua portuguesa. Além disso, é importante que façamos a sua exportação aos outros países que a desconhecem ou a desmerecem. Tudo isto é busca da nossa própria valorização.

    Grande abraço!

    George Bezerra

  • http://CuDocapeta.com To comendo todas

    como todas as gatinhas muito mais a pity e a karem vo manda pentada violenta pra todos ai o creeeeeeew

  • http://CuDocapeta.com To comendo todas

    juju vo infia no teu cu

  • http://CuDocapeta.com To comendo todas

    comi o geoge bezera

  • http://CuDocapeta.com To comendo todas

    vao se fude seus viados gostosos putos

  • http://CuDocapeta.com To comendo todas

    monika chupa minha pica

  • http://CuDocapeta.com To comendo todas

    nao foi um palavrao foi um pentadão

  • http://CuDocapeta.com To comendo todas

    creeew numero 5
    toma suas vadias fdps tma no cu chupaaaaaaaaaa!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!goza suas putas de merda

  • http://CuDocapeta.com Chupameucu

    caraca esse tocmendo tdas ta doidao vai se fude seu viado de merda

  • http://CuDocapeta.com Chupameucu

    chupa aquii babaca

  • http://CuDocapeta.com Chupameucu

    vai se fude seu merda

  • http://www.planetaterra.info Flávio silveira de souza

    É pena que num bate-papo tão interessane sobre as nossas culturas, em aproximar as diferenças e mesmo facilitar o aprendizado de nossa língua portuguesa que tem duas ortografias, acabe em falta de educação de pessoas ignorante que nem mereciam ter nascido no Brasil ou em Portugal sim na Pra lá de Marrakech!
    Viva a Nova Ortografia da Língua Portuguesa e sim à aproximação cultural de todos os países de língua portuguesa como : Portugal, Brasil, Angola, Moçambique, Guiné-Bissau, Goa, Ilha da Madeira, Arquipélago dos Açores, Cabo Verde e São Tomé e Príncipe

  • http://www.planetaterra.info Flávio silveira de souza

    Correção no texto:
    É pena que num bate-papo tão interessane sobre as nossas culturas, em aproximar as diferenças e mesmo facilitar o aprendizado de nossa língua portuguesa que tem duas ortografias, acabe em falta de educação de pessoas ignorantes que nem mereciam ter nascido no Brasil ou em Portugal sim na Pra lá de Marrakech!
    Viva a Nova Ortografia da Língua Portuguesa e sim à aproximação cultural de todos os países e lugares que falam a língua portuguesa como : Portugal, Brasil, Angola, Moçambique, Guiné-Bissau, Goa, Ilha da Madeira, Arquipélago dos Açores, Cabo Verde e São Tomé e Príncipe.

  • Francisco

    Tenho uma proposta pr unificar o mundo na língua portuguesa e simplificá-la de vez:

    1-onde s lê “que” “se” “de” “te” “e (i)” passar a ser apenas “q (ou k)”, “s”, “d” “t” “i”
    2-acabar com o “você” passar a “tu” (ou, o contrário!)
    3-acabar com vários valores fonéticos pr o mesmo símbolo gráfico. Ex: “e”
    “e=é” e não “i”, “ê só lido assim com til”, “ó=ó (nunca “u”). UM SÓ SOM PR CADA SÍMBOLO, caso haja alteração fonética teria q haver um acento a identificá–la.
    Isto tornaria a língua mais fácil pr estrangeiro q quer conhecê-la!

  • jessica silveira

    achei muito interessante…mas gostaria que fosse mais explicado kakakaka de quem foi a ideia de mudar a ortografia????????????? ummm?

  • Custodio

    Após ter lido todos estes comentários…só cheguei à simples conclusão!
    Quem não tem nada que fazer e precisa de ocupar o seu tempo, é que se dá ao trabalho de dar trabalho aos outros, neste caso alterar a ortografia portuguesa em Portugal. Nós não somos Brasileiros ou de outro país qualquer, somos portugueses com uma cultura prórpia e nossa, incluíndo uma ortografia própria e nossa. É um absurdo os nossos jovens que já estudam há alguns anos, terem de retificar a o que aprenderam, é mais confusão, tanto para eles, mas também para os seus professores. E as pessoas como eu que aprendemos a ortografia portuguesa e que trabalhamos diáriamente com a escrita portuguesa em Portugal, que usamos o nosso computador e temos de alterar tudo, até comprar os programas novos com as alterações ortográficas?
    Isto é mesmo para quem não tem nada que fazer, é bom para esses intelectuais que tem de apresentar serviço, senão vão para o olho da rua…oh, meus amigos, quem não vai-se preocupar com isso sou eu e felizmente muitos como eu. Ninguém nos vai prender por continuarmos a escrever a nossa língua como a aprendemos, já tivemos bastantes alterações sim, até fizeram bastante jeito, porque havia exageros. Esta “Demonstração Teatral” de alguns, que assim os povos espalhados pelo mundo que falam a língua portuguesa, estarão mais unidos, é uma pura “Treta”. Nós humanos, só não somos unidos se não o quisermos, não há necessidade de ter uma ortografia idêntica de um país para o outro para haver união. Sou Português e continuarei a escrever exactamente o português como o aprendi e com muito orgulho!!!!!!!

  • Wilson Costa

    Toda esta mudança, são para mim uma palhaçada e tempo perdido. nas outras linguas não existe tanta mudança ou reforma ortográfica. Julgo que, quer Portugal quer o Brasil, permanecessem com a sua ortográfia.

    o que deviam se preocupar, e o facto de um dia a lingua portuguesa deixe de ser falada em Cabo-Verde, visto que é mais falada o criolo e são muitos que não sabem falar o portugues.

  • Carlos Augusto

    nem é tanta coisa, só que a professora de portugues me pediu um trabalho de 10 paginas sobre isso!
    pra ces ve que eu falo tri certin, ceis oia aki no saite qui eu bota pra tu!

    http://www.ortografiaoumorte.com

  • Carlos Augusto

    uhsasuhahuahsuahusahsuhahshasahsuas
    vcs sabia q essa risada nam é permitida no bate papo portugues!
    dizem que é errado

  • carlos

    vai ser dificil agora que estamos habituados

  • Shenaaaaa H

    herva não é com H? e vaca, H?

  • http://@ivo.com ivo

    queriamos é com acento?

  • luccya pimentel

    eu odiei a nova ortografia. tem gente querendo somente entender o portugues. e aionda mudam a escrita????? fala serio!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  • Fernando Almeida

    Andam por aí espalhados, nos meios de comunicação social, alguns palavrões cujo significado desconheço. Nem os responsáveis pela educação do Povo dão qualquer sinal de travar os abusos. Dou exemplos:
    “DESLOCALIZAR”, “CONTRATUALIZAR”, e outras “pérolas” que por aí se espalham.
    A mais recente, em termos de divulgação, tem atordoado os meus ouvidos, principalmente após a vinda da missão incumbida de estudar a ajuda financeira ao País. Todos os dias ouço:
    – Foi paga a primeira “TRANCHE” do empréstimo.
    – Vai ser paga a segunda “TRANCHE” …
    Não sei o que significa “TRANCHE”… Ou será “TRANXE” ?…
    Enfim, “TRANXE” teria menos caracteres. Também não encontrei no dicionário…
    Do Francês, conheço “TRANCHE”: quer dizer FATIA.
    Tratar-se-ia, portanto, de um “EMPRÉSTIMO FATIADO”, ao modo que se usa no presunto.
    Pelo contexto, acredito mais que pretendam referir-se a um “EMPRÉSTIMO PARCELADO”.
    O termo PARCELADO , do nosso vernáculo, deriva de PARCELA.
    Por sua vez, também no vernáculo, PARCELA significa parte de um todo.
    Creio mais que seja isto a que se referem, naquele estranho linguajar.

  • Fernando Almeida

    luccya pimentel ,

    Também sou totalmente contra esse monstro de acordo ortográfico.
    No comentário que escrevi há instantes, utilizei o termo LINGUAJAR, apenas para exercer o meu direito democrático de também criar neologismos. Significa MODO DE FALAR.
    Voltando ao acordo ortográfico, isto é, “coming back to the cold cow” (voltando à vaca fria), devo dizer que o mesmo encerra, entretanto, algumas virtudes, a saber:
    – Permite, aos mais letrados, o exercício do direito de dar erros ortográficos. Tal só era permitido até agora, aos pouco mais do que analfabetos. Ora todos os omens (e mulheres) são iguais perante a lei. Terão agora a desculpa de não se terem ainda abituado à nova escrita. Tudo leva o seu tempo, e tem que aver tempo para tudo!
    – Permite aos editores o aumento da venda de manuais. Conseguirão, deste modo, “levar a água à sua (deles) orta, com onra e onestidade. Os pais é que averão de aguentar o fardo…
    – As crianças vão ser beneficiadas, ao longo dos próximos dois ou três anos, porque os erros de ortografia averão de ser desconsiderados, atendendo à confusão que averá, sendo que uns terão os novos manuais e outros terão ainda os antigos.
    – Os espetadores de televisão vão ter novidades de espetáculo, assistindo às notícias da evolução do acordo, no seio dos estabelecimentos de ensino.
    – Enfim, com o tempo, o Povo se abituará umildemente à nova escrita.

  • Eduardo
  • http://madamemymymila kamilla

    eai genteeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee

  • Kássia Pereira

    Bem eu acho que os Portuguese não se deram muito bem com essa nova ortografia coitados ,mas teve umas palavras que ficaram ridiculas mais e a lingua né?

  • Pingback: Vamos estudar a nova gramática. « sonyport()

  • http://Jade Jade

    legal mas ñ colocam muita informação

  • http://Jade Jade

    ahhhhhh

  • Cacau

    Resposta ao senhor Custódio, que acredita que “é um absurdo os jovens que já estudam há alguns anos, terem de retificar a o que aprenderam”.
    Creio que é muito mais difícil para nós, que aprendemos há mais tempo, adaptar-nos. Afinal, as pessoas como senhor, que aprenderam a ortografia portuguesa e que trabalham “diáriamente” com a escrita portuguesa em Portugal, vão ter que mudar. Assim como nós, que aprendemos a ortografia do português e trabalhamos diariamente com a escrita portuguesa no Brasil. O senhor escreve como se não houvesse regras, como não tivéssemos que estudar aqui em terra brasilis.
    Vale lembrar que pela sua grafia “retificar” é “rectificar” e “diariamente” não tem acento. Portanto se o senhor se ufana de ser português e pretende continuar a escrever “exactamente” o português como o aprendeu e com muito orgulho, é melhor parar de cometer deslizes na hora de defender a sua escrita.
    Achava que só no Brasil havia o assassinato da língua, mas depois de ter morado alguns meses em terras lusitanas percebi que o cidadão português comum é muito ignorante. Li várias barbaridades, problemas com ortografia, com sintaxe, com concordância. A mais comum delas: separar o sujeito do verbo por vírgula. A maioria de vocês nunca ouviu falar em adjunto adverbial ou adjunto adnominal, coisa que aprendemos exaustivamente quando crianças.
    A reforma ortográfica não é coisa de intelectuais que não tem nada para fazer. A produção acadêmica que propicia a transmissão do conhecimento precisa ser unificada. Afinal, as traduções são em sua maioria “efectuadas” para o português do Brasil, porque produzimos mais e porque temos um mercado editorial infinitamente maior.
    E, venhamos e convenhamos, o português em Portugal foi contaminado inúmeras vezes pelo francês: “montra”, “ecrã” etc. Onde fica o orgulho?
    O senhor diz: “Nós não somos Brasileiros ou de outro país qualquer”, mas aposto que endossa o que está mencionado em guias turísticos: o português é terceira língua europeia mais falada no mundo. Graças a quem?
    Concordo, haverá confusões: “adaptar”, “pacto”, “característica” continuam com o “p” e o “c” antes do “T”. Sem mencionar a mudança dos acentos: “académica” e “acadêmica”. E o “dezassete” e o “dezessete”. Para nós, mudou o uso do hífen, caíram vários acentos como em “ideia”, “voo” etc.
    Mas cá entre nós, a adaptação não é tão difícil assim e também não é questão de preservação de identidade. O senhor não deixará de ser português e eu não deixarei de ser brasileira.

  • http://keth kathleen

    eu não entendi porcaria nenhumaa

  • ileteu

    será neguim !!! heim

  • eu mesmu hehehe

    Pimpolho é um cara bem legal, pena que não pode ver mulher, na dança ele ja pede pra baixar…ja pede pra baixar…ela quer parar ele não quer..
    ELA TA DANÇANDO E O PIMPOLHO TA DE OLHO kkkkkkkkkkkkkkkkk

  • Gulia

    Eu nao intendo no quê esse acordo vai nus ajudar. nois brasilero nao sabemo portugués mesmo.
    Incluzive eu acho que os jovens de hoje em dia diviriam leer mais, pela rasao de nao de a gente nao enderem muito bem as coisa novas. por exemplo eu ainda nao entendi como mudam assim as coisa sem dizer nada antes, diviriam ter avisado uns mes antes pra gente aqui saber que nao vai ser enganado pelos prefeitos elegidos por pessoas que nao sabem ler e escrever direito porque o que eu queria mesmo era leer um bom livro sem ter que pagar muito e poder dar de presente praos meus amigos coisas boas que nao se estragam com o tempo mesmo que o tempo esteje chuvento, a gente sabe que nao da pra, pra sair por aí copramdo livros caros que ensinam as novas regras da otorgrafia.
    Brigada viu gente amo os Portugueses só queria dizer isso antes de tudo.

  • Sra. Carol Ann Hewitt MD

    Você está informado de que a Sra. Carol Ann Hewitt MD FUNDAÇÃO está dando empréstimos a particulares, empresas e Cooperar corpos a uma taxa de juros acessíveis.

    Que estais perturbados ou financeiramente fixar? Você tem sido rejeitado pelos bancos ou vitimado por esses criminosos internet ou quer resolver suas dívidas de uma vez por todas, aqui vem a grande oportunidade, você pode construir seu próprio sonho, tornar-se auto-empregar e seu próprio negócio pessoal se tornar um empreendedor.

    Para mais informações visite-nos em Sra. Carol Ann Hewitt EMPRÉSTIMOS FUNDAÇÃO via carolloanholding2@hotmail.com e-mail ou entre em contato conosco com as informações acima. Nós garantimos que você são serviços transparente e eficiente.

    Mutuários informações de dados abaixo.

    Nome ……..
    Sobrenome ……….
    Ocupação ……….
    Sexo ……..
    País ………
    Estado ………
    Renda mensal ………
    Quantidade necessária ……….
    Duração ……….
    Número de telefone ……….

    obrigado

    Sra. Carol Ann Hewitt MD

  • Martin

    Por favor, minha filha esta sendo escolarizada em Portugal, 1° série.
    Na lista de palavras com h, veio a palavra humido, escrita com o h.
    Qual é a grafia correta segundo a nova reforma? Pois, estive vendo o novo dicionario da Porto Editora – 2012 – e a grafia da palavra guarda o h antigo, ou seja, humido. Sendo que neste site, vocês indicam que a grafia deveria ser modificada…???!!!!
    Alguém poderia me ajudar????

  • Até que enfim!!

    Resolvi fazer re-post porque no meio de toda a xenofobia e ignorância da maioria dos posts aqui feitos nada se aprende a não ser NESTE:
    PARABÉNS FÁTIMA!!

    SÃO MAIS DE DOIS OS PAÍSES QUE FALAM PORTUGUÊS!!

    Fátima Borges • 06/03/2010 @1:00

    Filha de pai português e mãe brasileira, tendo vivido minha infância e adolescência no meu Brasil tão amado…vivo em Portugal actualmente. Escrevo correctamente as 2 ortografias. Nem levei 2 meses para aprender quando vim morar aqui. Basta amar uma língua para compreender todos seus mecanismos e mudanças locais. Seu funcionamento, suas “roupas” Quanto ao trema, veio daqui. Quanto ao gerúndio – so sorry – também veio daqui. Ainda se usa no Alentejo, província portuguesa. Acho que a maioria das pessoas que comentou o acordo, do qual discordo também em parte, nem sabe como surgiu a ideia e de onde. Tive sempre nota máxima em Português – aí e aqui. Com escritas diferentes. Ridículo apresentar TAMANHA dificuldade !!!!….!!!! Parece que o céu vai desabar em cima de vocês, o grande temor dos gauleses…
    Pela maneira como quase todos os intervenientes escreveram, constatei com imensa tristeza que o Português é profundamente maltratado na minha Pátria amada, idolatrada, Brasil. Aliás, no Rio se fala carioquês? Ou qualquer outra coisa com pretensão a estatuto de língua ? Não se tratando de sotaque mas de êrros gramaticais CRASSOS.
    O trema me parece fundamental, talvez por amá-lo desde minha tenra infância. No entanto reparem que o Inglês não tem acentos. – sendo necessário recorrer à escrita fonética para saber onde recai a sílaba tónica ou tônica…e também se é Ai ou I , a leitura do i , etc… e reparem que muita ortografia portuguesa depende do seu conhecimento. Como no caso de fonemas diferentes com a mesma grafia. Ex. Axila ( som CS ) Exame ( som Z ) enxame ( som CH ) e por aí afora . Ou grafias diferentes para o mesmo fonema , o som Z. caSa, eXame, preZado, etc… ou lenÇo e penSo
    Aprendí em menos de um mês a me tornar a melhor aluna de português do meu colégio exactamente como era no Brasil. Foi só mudar alguma grafia e locução pronominal. Só é dificil quando a matéria de mudança nos é totalmente ou parcialmente desconhecida. Vcs são menos inteligentes que eu ? Não. Tão somente mais indolentes com a língua mater ” minha pátria é minha língua ” Caetano Veloso. Sendo assim o Brasil se tornou num farrapo porque assim sua língua é tratada.
    Canso de ouvir tanto preconceito !!! Fruto de uma baixa estima, complexo de inferioridade ridículo ou ignorância REAL. A Espanha roubou pouco ?????? Matou pouco ????? EXTERMINOU culturas antiqüissimas em tempo record…. Mas falemos de agora….Brasileiros exterminam brasileiros em sua terra. Matando mais que na guerra do Vietnam. Só por ano, talvez. Que povo é esse tão orgulhoso de alguns acentos, temendo violentar sua língua…que mata, rouba, estropia, sequestra, violenta gente diariamente. Muitas e repetidas vezes. Que brandos costumes !!!!!!!! Que amor por tudo que se refere à pátria !!!Pela Amazónia ou Amazônia à mata atlântica. Pelo corpo que cai redondo na rua e quase ninguém estranha. Pelos erros e pelo uso incipiente da língua, de tão desconhecida, tão ignorada vocês nem são utentes dela !!!!!!
    Poderia escrever tudo isso com a grafia brasileira. Escrevo textos diariamente com as 2 grafias. Não sou nenhum génio ou gênio…Amo minha língua e escreverei vossa mercede, vossa mercê, vosmicê até dar você, se for preciso. Adoro nossos circunflexos. Mas quê fazer se o Brasil se arrasta para ficar pertinho da União Européia ? Todo mundo na net procurando seus antepassados “burros” portugueses. Faz dó. O nível da escolaridade desceu tanto assim ? Já não dão história ? Pena não terem sido colonizados por ingleses ou holandeses para terem tudo separado como na África do Sul. Tudo muito bem demarcado colonizador-colonizado e sua conseqüente humilhação. Me deu saudade do trema e usei em conseqüente. E assim uso as 2 escritas conforme QUERO. O conhecimento profundo de algo é muito controlável. Mas tirando o João português, com um belo uso de sua língua – também nossa, minha gente – e de pouquíssimos brasileiros …o raciocínio misturado com a linguagem, o conhecimento histórico, a grafia, o complexo triste de povo colonizado enfim, o que terá sido feito até do ensino mais básico, nossa antiga primária ??? Foi morta a tiro ????? Se vos consola, muita gente está super descontente por aqui e a discussão dura há anos Tantos !! 15 ? Mais, menos ? Perdí a conta. Em vez de pensarem que isso é uma marca de mais uma ” tentativa de colonização ” pensem na língua portuguesa no seu todo. Na quantidade de países que a falam. Minha mãe foi obrigada a escrever telefone em vez de telephone, farmácia em vez de pharmácia, uma tentativa antiga de imitar a sonoridade da letra grega, no étimo das citadas tele + fone. Poderia citar muitos exemplos. Já leram jornais antigos portugueses ou brasileiros ? Acham que essa gente toda se perdeu entre as grafias sucessivas ? Num mar de conhecimentos náufragos ??? Moribundos ? Envoltos em névoa, num nevoeiro denso que um dia trará D. Sebastião ??? Meus avós ? meus pais ? Os seus ? E mais, não entendem tudo ? Por que falarem da escrita perdida como se fossem contaminados, influenciados por ela e passassem a escrever novamente palavras com dois L, por ex ? Bem, a escrita medieval não influencia ninguém hoje em dia. Nenhum português arcaico se usa. Vocês leram Machado de Assis com a grafia actual ou de sua época. ?Leio tudo da época . Não passei a escrever como esses autores .
    Sinceramente, prefiro a grafia brasileira. Que escrevo sempre quando o faço por mero prazer, poesia ou prosa. E o faço inconscientemente. Mas SEMPRE. Guardem esse tão falado, famigerado apreço pela ortografia actual – que pela maneira de escrever metade de vocês desconhece, no entanto, por uma triste ironia qualquer – para utilizar em textos só seus. Em documentos oficiais, melhor aprender em uma hora, porque as diferenças são ínfimas, a nova ortografia. Pelos vistos nos ultrapassou a todos. Gostaria de escrever acôrdo para diferenciar de acordo do verbo acordar. Mas é só uma saudade, um afecto antigo que ainda embalo em mim. Mas claro que, PELO SENTIDO, sei sempre a qual palavra o texto se refere. Uma questão de contexto
    Para finalizar, vivo na Europa faz tempo. Ainda assim Portugal é um dos países menos xenófobo e racista, podem crer. Do mundo. Pensava regressar ano que vem. Palavra que já nem sei….

  • Até que enfim!!

    Resolvi fazer re-post porque no meio de toda a xenofobia e ignorância da maioria dos posts aqui feitos nada se aprende a não ser NESTE:
    PARABÉNS FÁTIMA!!

    SÃO MAIS DE DOIS OS PAÍSES QUE FALAM PORTUGUÊS!!

    Fátima Borges 06/03/2010 @1:00

    Filha de pai português e mãe brasileira, tendo vivido minha infância e adolescência no meu Brasil tão amado…vivo em Portugal actualmente. Escrevo correctamente as 2 ortografias. Nem levei 2 meses para aprender quando vim morar aqui. Basta amar uma língua para compreender todos seus mecanismos e mudanças locais. Seu funcionamento, suas “roupas” Quanto ao trema, veio daqui. Quanto ao gerúndio – so sorry – também veio daqui. Ainda se usa no Alentejo, província portuguesa. Acho que a maioria das pessoas que comentou o acordo, do qual discordo também em parte, nem sabe como surgiu a ideia e de onde. Tive sempre nota máxima em Português – aí e aqui. Com escritas diferentes. Ridículo apresentar TAMANHA dificuldade !!!!….!!!! Parece que o céu vai desabar em cima de vocês, o grande temor dos gauleses…
    Pela maneira como quase todos os intervenientes escreveram, constatei com imensa tristeza que o Português é profundamente maltratado na minha Pátria amada, idolatrada, Brasil. Aliás, no Rio se fala carioquês? Ou qualquer outra coisa com pretensão a estatuto de língua ? Não se tratando de sotaque mas de êrros gramaticais CRASSOS.
    O trema me parece fundamental, talvez por amá-lo desde minha tenra infância. No entanto reparem que o Inglês não tem acentos. – sendo necessário recorrer à escrita fonética para saber onde recai a sílaba tónica ou tônica…e também se é Ai ou I , a leitura do i , etc… e reparem que muita ortografia portuguesa depende do seu conhecimento. Como no caso de fonemas diferentes com a mesma grafia. Ex. Axila ( som CS ) Exame ( som Z ) enxame ( som CH ) e por aí afora . Ou grafias diferentes para o mesmo fonema , o som Z. caSa, eXame, preZado, etc… ou lenÇo e penSo
    Aprendí em menos de um mês a me tornar a melhor aluna de português do meu colégio exactamente como era no Brasil. Foi só mudar alguma grafia e locução pronominal. Só é dificil quando a matéria de mudança nos é totalmente ou parcialmente desconhecida. Vcs são menos inteligentes que eu ? Não. Tão somente mais indolentes com a língua mater ” minha pátria é minha língua ” Caetano Veloso. Sendo assim o Brasil se tornou num farrapo porque assim sua língua é tratada.
    Canso de ouvir tanto preconceito !!! Fruto de uma baixa estima, complexo de inferioridade ridículo ou ignorância REAL. A Espanha roubou pouco ?????? Matou pouco ????? EXTERMINOU culturas antiqüissimas em tempo record…. Mas falemos de agora….Brasileiros exterminam brasileiros em sua terra. Matando mais que na guerra do Vietnam. Só por ano, talvez. Que povo é esse tão orgulhoso de alguns acentos, temendo violentar sua língua…que mata, rouba, estropia, sequestra, violenta gente diariamente. Muitas e repetidas vezes. Que brandos costumes !!!!!!!! Que amor por tudo que se refere à pátria !!!Pela Amazónia ou Amazônia à mata atlântica. Pelo corpo que cai redondo na rua e quase ninguém estranha. Pelos erros e pelo uso incipiente da língua, de tão desconhecida, tão ignorada vocês nem são utentes dela !!!!!!
    Poderia escrever tudo isso com a grafia brasileira. Escrevo textos diariamente com as 2 grafias. Não sou nenhum génio ou gênio…Amo minha língua e escreverei vossa mercede, vossa mercê, vosmicê até dar você, se for preciso. Adoro nossos circunflexos. Mas quê fazer se o Brasil se arrasta para ficar pertinho da União Européia ? Todo mundo na net procurando seus antepassados “burros” portugueses. Faz dó. O nível da escolaridade desceu tanto assim ? Já não dão história ? Pena não terem sido colonizados por ingleses ou holandeses para terem tudo separado como na África do Sul. Tudo muito bem demarcado colonizador-colonizado e sua conseqüente humilhação. Me deu saudade do trema e usei em conseqüente. E assim uso as 2 escritas conforme QUERO. O conhecimento profundo de algo é muito controlável. Mas tirando o João português, com um belo uso de sua língua – também nossa, minha gente – e de pouquíssimos brasileiros …o raciocínio misturado com a linguagem, o conhecimento histórico, a grafia, o complexo triste de povo colonizado enfim, o que terá sido feito até do ensino mais básico, nossa antiga primária ??? Foi morta a tiro ????? Se vos consola, muita gente está super descontente por aqui e a discussão dura há anos Tantos !! 15 ? Mais, menos ? Perdí a conta. Em vez de pensarem que isso é uma marca de mais uma ” tentativa de colonização ” pensem na língua portuguesa no seu todo. Na quantidade de países que a falam. Minha mãe foi obrigada a escrever telefone em vez de telephone, farmácia em vez de pharmácia, uma tentativa antiga de imitar a sonoridade da letra grega, no étimo das citadas tele + fone. Poderia citar muitos exemplos. Já leram jornais antigos portugueses ou brasileiros ? Acham que essa gente toda se perdeu entre as grafias sucessivas ? Num mar de conhecimentos náufragos ??? Moribundos ? Envoltos em névoa, num nevoeiro denso que um dia trará D. Sebastião ??? Meus avós ? meus pais ? Os seus ? E mais, não entendem tudo ? Por que falarem da escrita perdida como se fossem contaminados, influenciados por ela e passassem a escrever novamente palavras com dois L, por ex ? Bem, a escrita medieval não influencia ninguém hoje em dia. Nenhum português arcaico se usa. Vocês leram Machado de Assis com a grafia actual ou de sua época. ?Leio tudo da época . Não passei a escrever como esses autores .
    Sinceramente, prefiro a grafia brasileira. Que escrevo sempre quando o faço por mero prazer, poesia ou prosa. E o faço inconscientemente. Mas SEMPRE. Guardem esse tão falado, famigerado apreço pela ortografia actual – que pela maneira de escrever metade de vocês desconhece, no entanto, por uma triste ironia qualquer – para utilizar em textos só seus. Em documentos oficiais, melhor aprender em uma hora, porque as diferenças são ínfimas, a nova ortografia. Pelos vistos nos ultrapassou a todos. Gostaria de escrever acôrdo para diferenciar de acordo do verbo acordar. Mas é só uma saudade, um afecto antigo que ainda embalo em mim. Mas claro que, PELO SENTIDO, sei sempre a qual palavra o texto se refere. Uma questão de contexto
    Para finalizar, vivo na Europa faz tempo. Ainda assim Portugal é um dos países menos xenófobo e racista, podem crer. Do mundo. Pensava regressar ano que vem. Palavra que já nem sei….

  • Até que enfim!!

    Resolvi fazer re-post porque no meio de toda a xenofobia e ignorância da maioria dos posts aqui feitos nada se aprende a não ser NESTE:

    Fátima Borges 06/03/2010 @1:00

  • Até que enfim!!

    Resolvi fazer re-post porque no meio de toda a xenofobia e ignorância da maioria dos posts aqui feitos nada se aprende a não ser NESTE:

    Fátima Borges 06/03/2010, procurem por ele.

  • http://154325 gugu

    sua mãããããããããããããeeeeeeeee

  • http://n/a Justino

    Em meu entender, os portugueses não deviam ter aceite essa mudança na estrutura ortográfica da sua língua.

    De acordo com os conhecimentos gramaticais que foram transmitidos, sobre a língua portuguesa de PT, o “P” e do “c”, nas palavras baptista/recepção/ acção/fracção, por exemplo, têm um valor, não ortográfico, própriamente, mas sim ortofónico. A presença do “p” e “c” nas palavaras em causa, obriga a abertura de entonação ou pronúncia das vogais que lhes são imediatamente precedentes, neste caso; bAptista, recEpção, aCção e frAcção, respetivamente.

    Eu acho que os portugueses deviam era seguir o exemplo de tolerância de diferenças linguísticas entre os EUA e o Reino Unido da Inglaterra. Em abono da verade, existem muito mais desparidades lexicais, ortográficas e ortofónicas do que existem entre os norte-americanos e os ingleses; no entanto, nunca houve qualquer pronunciamento sobre isso, no espaço anglofóno.

    Assim,

  • ~~>Letícia

    Gente, eu tenho um trabalho a fazer sobre ” Qual é a importância de Portugal com a nova ortografia “, mas por onde eu procuro eu não consigo achar nada. Apenas esse site que me foi útil pra procurar algumas coisas. Vocês PODEM me ajudar por favor ?? Meu e-mail é : marianadiasiis@hotmail.com, por favor me ajudem a fazer meu trabalho. Se conseguirem me ajudar até quinta feira eu ficaria MUITO agradecida !! Obrigado.

    Atenciosamente, Letícia.

  • Loumar

    Só tenho uma coisa a dizer, isso de nos misturarmos lá com a língua dos Brasileiros nao tem jeito absolutamente NENHUM! Por amor de Deus, cada língua segue o seu “rumo” quanto a Neologismos e vocabulário ; não temos de ser iguais a eles, POUPEM-ME -.-
    A nossa língua é única, não precisa de mais nada, MUITO MENOS FICAR IGUAL À DE QUEM QUER QUE SEJA!
    Poupem-me com essa do “úmido” ou do “ótimo” ou até mesmo do “fato” , que até mete impressão! Português que é Português não vai nisso. Minha gente escreve-se ÓPTIMO, HÚMIDO E FACTO!

    Fácil!

    • rsrsrsrsr

      rsrsrsrsrs

    • Alex Brasil

      Isso foi feito para facilitar o entendimento dos países lusófonos, somente por, independente para qual país facilitou, o importante é que tanto escrita e tanto fala, será facilitado o entendimento.

    • Tio Alci

      Isso é português involutivo

  • daliane silva

    adorei o novo ortografico aqui em portugual

  • vagner cruz

    poha véih já ñ xega do nosso idioma ser esta merda xeio de pra q isso..rs e ainda sempre inventarem mais merdas..pqp…agora q ñ aprendo o portugues mexmo#kkk

  • vagner cruz

    Agora uma coiza goxtei,pelo o fato dos portugues de portugal terem q mudar muitas coizas pq axo o portugues daki muito errado,ou melhor com muitas letras pelo meio das palavras,sem sentido algum,pra Que usar C e P entre ACTO= ATO e ÓPTIMO =OTIMO NAO ENTENDO PRA QUE ISSO!
    MEU PORTUGUES É MT ERRADO MEXMO MAIS PQ QUERO O ASSIM,PQ O WINDOWS CORRIGIA P\ME SE EU QUIZESSE…KKKKKK

  • sara

    o portugues em portugal e muito dificil nao e.

  • salgueiro

    Douglas- tens razão que há palavras com dois sentidos mas acha que faz sentido adicionar ainda mais dessas palavras e fazer ainda mais confusão entre pessoas???
    In English there are already too many irregular verbs and words with double meanings – why add those to Portuguese too? (wind, tear, read)
    Isto vai acabar por complicar coisas quando estamos aprender outras linguas como Inglês onde, por exemplo, “act” quer dizer “acto”, que vai passar a ser “ato”…? Isto não faz sentido nenhum, na minha opinão.

  • sanzinha

    temos que faciliutar nossa vida como: vc, pq, blz, ok, td, add, etc…. kkk brincadeira… é né vamos aprender a escrever o novo…

  • sanzinha

    facilitar*

  • Roberto

    Eu penso que está muito bem. Assim, todos os países que falam português vão falar, ler e escrever com mais compreensão e integração. Isto é mais importante agora porque o Brasil fez que a língua lusa seja muito mais usada no mundo. Eu sou espanhol e já posso falar português. Tive professores portugueses e brasileiros. Falo com gente portuguesa e brasileira. A pessoa que quer separar as duas variantes do idioma é uma racista e fascista, com uma mente muito fechada. Obrigado!

    • anónimo

      Ah vai se fudê seu alienado

  • Alex Brasil

    Isso foi feito para facilitar o entendimento dos países lusófonos,
    somente por isso, independente para qual país facilitou, o importante é que
    tanto escrita quanto fala, será facilitado o entendimento.

  • Paulo Barros

    A reforma só está sendo aceita no Brasil, os outros países de língua portuguesa não estão adotando. Segundo autores portugueses ele foi feita de forma unilateral pelo Brasil, querendo impor aos portugueses a mudança de sua língua.

Categoria: Curiosidades

Quais são os países que falam português?

História da língua portuguesa

Curiosidades interessantes sobre a Nova Ortografia – Quase Tudo Sobre Ela!

Categoria: Dicas da Nova Ortografia

Concursos – fique atento à nova ortografia

Nova língua portuguesa?

Micro-organismo ou microorganismo?

Aprenda: Anti-inflamatório ou antiinflamatório?

Como fica a palavra “reanálise” na nova ortografia?

Aprenda: Bem-Vindo, Bem Vindo ou Benvindo?

Categoria: Notícias

Como utilizar ou empregar o hífen. O emprego do hífen!

O efeito da nova ortografia na internet!

Conversores ortográficos para a nova ortografia

Guia Prático da Nova Ortografia

O acordo ortográfico é “inútil e improdutivo” ou veio para trazer benefícios para a língua portuguesa?

Editoras enfrentam grande demanda de adaptação

O que você acha do novo acordo ortográfico da língua portuguesa?

Novo acordo ortográfico obriga softwares a se adaptarem

Lusofonia cobra data para adoção da nova ortografia