Dupla Grafia

Apesar de ser um acordo entre os países que falam português, essa reforma ainda permitirá a dupla grafia de palavras que são pronunciadas com entonação diferente em diferentes países.

No Brasil, por exemplo, fenômeno se escreve com acento circunflexo, enquanto em Portugal se usa o acento agudo (fenómeno), e além de escrita de forma diferente é também pronunciada de forma diferente. Em casos como esses, serão aceitas ambas as grafias.

Saiba quais casos de dupla grafia são tolerados pela Nova Ortografia

Talvez você já tenha ouvido falar que uma das mudanças promovidas pelo novo acordo ortográfico se refere às palavras que possuem dupla grafia. A dupla grafia ocorre quando uma mesma palavra possui duas formas de ser escrita. Estas, no entanto, não são muito distintas e algumas vezes a diferença sequer altera a pronúncia da palavra.

A noção é um pouco distante porque no vocabulário dos países de língua portuguesa geralmente se adota apenas uma das grafias, sendo a segunda praticamente desconhecida. Um dos poucos casos usuais no português de raiz brasileira em que são toleradas duas grafias de uma mesma palavra é o do número catorze, que também pode ser grafado com QU, quatorze.

A aplicação das novas regras ortográficas aos casos de dupla grafia afeta mais o português de raiz europeia, aquele em vigor em Portugal e em suas ex-colônias africanas. Isso ocorre porque nesta raiz há uma série de palavras grafadas com consoantes mudas, e estas deixarão de existir. Os casos mais comuns são as palavras de dupla grafia cuja usada na raiz europeia inicia com H e também as palavras que possuem consoantes mudas, geralmente o P e o C. Seguem alguns exemplos:

Antes

Depois

Herva

Erva

Húmido

Úmido

Adopção

Adoção

Baptismo

Batismo

Egipto

Egito

Óptimo

Ótimo

Acção

Ação

Colectivo

Coletivo

Dialecto

Dialeto

Exacto

Exato

Nestes casos que acabamos de ver a grafia das palavras será modificada, mas essa alteração não interferirá em sua fonética, ou seja, na pronúncia. Nos casos em que a consoante “a mais” é pronunciada, a dupla grafia continua sendo tolerada exatamente para evitar alterações fonéticas, visto que o acordo não pretende interferir neste aspecto. Logo, estas palavras poderão continuar a ser grafadas do modo mais comum a cada país, sem incorrer em erro.

Este é o caso de:

Raiz Brasileira

Raiz Portuguesa

Anistia

Amnistia

Anticoncepcional

Anticoncecional

Confecção

Confeção

Decepção

Deceção

Excepcional

Excecional

Fato

Facto

Lácteo

Láteo

Onipotente

Omnipotente

Setor

Sector

Sutil

Subtil

Outro caso particular em que a dupla grafia será tolerada refere-se ao das palavras escritas do mesmo modo, porém acentuadas de modo diverso. Há uma série de palavras acentuadas com acento circunflexo na raiz brasileira e que são acentuadas com acento agudo na raiz europeia. Também nestes casos a dupla grafia continuará sendo tolerada, a exemplo de:

Raiz Brasileira

Raiz Portuguesa

Abdômen

Abdómen

Amazônia

Amazónia

Bebê

Bebé

Bônus

Bónus

Colônia

Colónia

Fenômeno

Fenómeno

Gênio

Génio

Milênio

Milénio

Tênis

Ténis

Ajude a manter to site e compartilhe, curta este artigo! Deixe um comentário =)

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • Digg
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email

Categoria: Curiosidades

Quais são os países que falam português?

História da língua portuguesa

Curiosidades interessantes sobre a Nova Ortografia – Quase Tudo Sobre Ela!

Categoria: Dicas da Nova Ortografia

Concursos – fique atento à nova ortografia

Nova língua portuguesa?

Micro-organismo ou microorganismo?

Aprenda: Anti-inflamatório ou antiinflamatório?

Como fica a palavra “reanálise” na nova ortografia?

Aprenda: Bem-Vindo, Bem Vindo ou Benvindo?

Categoria: Notícias

Como utilizar ou empregar o hífen. O emprego do hífen!

O efeito da nova ortografia na internet!

Conversores ortográficos para a nova ortografia

Guia Prático da Nova Ortografia

O acordo ortográfico é “inútil e improdutivo” ou veio para trazer benefícios para a língua portuguesa?

Editoras enfrentam grande demanda de adaptação

O que você acha do novo acordo ortográfico da língua portuguesa?

Novo acordo ortográfico obriga softwares a se adaptarem

Lusofonia cobra data para adoção da nova ortografia